No Basquete Masculino, Londrina vence Ponta Grossa e se garante na final.

No Comments
O Novo Basquete Ponta Grossa/CCR RodoNorte (NBPG) sofreu na tarde deste sábado (14) o segundo revés contra o Londrina pelo Campeonato Paranaense Adulto Masculino. Jogando com o apoio da torcida no Borell Du Vernay, o time comandado por Milos Alexander sucumbiu diante do Tubarão, após a prorrogação, por 93 a 91 e vai precisar disputar o playoff semifinal da competição.

Agora, o grupo do NBPG enfrentará Maringá em melhor de três partidas para decidir o segundo finalista do Estadual. O primeiro jogo será no norte do estado e os duelos seguintes no Borell. Já o Londrina, líder da primeira fase, está assegurado na batalha pelo título e fará a grande decisão dentro de casa.

O jogo 

O confronto começou equilibrado no Ginásio Borell. As duas equipes alternavam pontos nos minutos iniciais. O NBPG começou a crescer quando acertou a defesa e aproveitou bons contra-ataques. Teve enterradas de Cícero e Cássio, além dos longos arremessos de Michel.

No segundo quarto, o Lobo mais uma vez dominou. A diferença foi só aumentando. Porém, nos minutos finais antes do intervalo, o adversário apertou e diminuiu a diferença para nove pontos.

Na volta do intervalo, o NBPG veio desligado. Natal, com qualidade na armação e arremessos longos, foi o destaque nos primeiros lances. Para não deixar o rival pressionar, os ponta-grossenses acertaram a defesa e entraram no último período com vantagem de seis pontos: 66 a 60

Nos dez minutos finais, o Londrina reverteu a situação e anotou sete pontos consecutivos, derrubando a diferença. Com muitos erros no ataque, o NBPG dava chances ao Tubarão. Lucas e Michel chamavam o jogo para o individual enquanto o coletivo não se acertava. Os erros em momentos decisivos culminaram no placar final: 82 a 82.

Prorrogação

Logo no início do tempo extra, o Londrina tomou a frente do placar. O NBPG buscava empatar, mas errava lances livres e dava espaço, tanto que Ricardo Azevedo fez de três pontos e dificultou a missão dos donos da casa. Alternado faltas e pressionando a marcação, o Novo Basquete não conseguiu mudar o panorama e perdeu por 93 a 91.

* Com colaboração do jornalista Emmanuel Fornazari

0 comentários

Postar um comentário